Minha Itália,  Minha vida em Roma

Dia Internacional Contra A Violência As Mulheres

Hoje 25 de novembro é comemordo não só na Itália mas em todo mundo o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres e foi estabelecido com base no pressuposto de que a violência contra as mulheres é uma violação dos direitos humanos,esta violação é consequência da discriminação contra as mulheres,do ponto de vista jurídico e prático e das persistentes desigualdades entre homens e mulheres.

Nos primeiros seis meses de 2020 na Itália,o número de assassinatos diminuiu,mas o número de feminicídios aumentou. Um relatório divulgado pelo Serviço de Análise Criminal da Interforce do Ministério do Interior destaca como a violência de gênero aumentou durante o período de bloqueio devido à pandemia.

60 mulheres foram mortas no primeiro semestre de 2020 e se em 2019 representavam 35% do total de homicídios,neste ano a incidência é de 45%.

Mas onde esses assassinatos acontecem?
Estreitando ainda mais a análise,percebe-se e sem possibilidade de engano que 77% dos homicídios ocorreram no âmbito familiar e afetivo e envolveram mulheres.Dos 69 homicídios na família,53 foram vítimas do sexo feminino,uma estatística que não deixa margem para interpretações e que também deve nos levar a pensar como o recente período de bloqueio foi um momento delicado também do ponto de vista da violência de gênero.

Como dissemos antes,na fase aguda da pandemia na Itália,os problemas familiares e a violência doméstica sem dúvida aumentaram.No entanto,os pedidos de intervenção nas salas de operações do Quartel-General da Polícia aumentaram,com 12.579 pedidos de ajuda entre janeiro e abril de 2020.

Em 48,5% dos casos que ligaram para o 1522 foram vítimas casadas.Por isso,também é útil analisar o contexto familiar em que ocorre a violência,ciente de que os dados que divulgamos até agora representam apenas a parte das vítimas que tiveram coragem de ligar para o número antiviolência

A cada ano no dia 25 de novembro nas praças italianas são colocadas sapatos vermelhos e o que isso quer dizer.

O significado dos sapatos vermelhos contra a violência contra as mulheres deve levar muitos a refletir sobre o feminicídio e muito mais.
Porque o vermelho representa o sangue derramado por mulheres vítimas de violência de gênero.Os sapatos representarão alegoricamente as mulheres mortas e desaparecidas devido à violência sexista,que infelizmente continua sendo uma constante no noticiário policial italiano.
O abuso contra as mulheres geralmente fica dentro de casa,escondido em casa,daí a ideia de Elina Chauvet, artista mexicana,que torna pública essa violência por meio da arte.

Através dos sapatos vermelhos que simbolizam as mortes,a artista quer demonstrar que a violência entre casais não é normal nem tolerável.Os sapatos vermelhos mostram o vazio deixado por filhas,irmãs,mães e esposas,e o fato de o calçado ser doado por pessoas é uma forma de cidadãos anônimos levantarem a voz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: