pastiera napolitana
Doces,  Gastronomia

Pastiera Napoletana um Doce de Páscoa

A Pastiera Napoletana e o doce principal da cúlinaria Napoletana a riqueza dos ingredientes e a complexidade dos sabores parecem lembrar a culinária da corte. Mas o incrível está enraizado no mito. E devemos dar um passo para a era romana ou talvez até grega. Quando, segundo a lenda, a sereia Partenope escolheu o Golfo de Nápoles como sua casa, de onde sua voz com a sua doce melodiosa se espalhou pelo golfo.Para agradecer a ela foi celebrado um misterioso culto, durante o qual a população trouxe sete presentes para a sereia:a farinha,símbolo da riqueza; ricota,símbolo de abundância;ovos,que lembram a fertilidade;o trigo cozido no leite, para simbolizar a fusão do reino animal e vegetal;flores de laranjeira (ou outras frutas cítricas, uma vez que a propagação de laranjas era muito limitada na Europa naquela época:entre outras coisas, o que levanta muitas dúvidas sobre a verdadeira fundação histórica da lenda …), o cheirode laranja Terra Campania; especiarias, homenagem de todos os povos; e açúcar, para celebrar a doçura da canção da sereia. Partenope gostou dos presentes, mas os misturou criando esta sobremesa única.
Mas isso é somente uma lenda,mas na realidade foram as freiras que inventaram,misturando os ingredientes simbólicos da Ressurreição com as flores de laranjeira do jardim do convento.
Mas vamos deixar de blá blá blá e vamos a receita:
Para a pasta podre aquela mais usada para tortas.
250 gr de farinha de trigo
100 gr de açucar
100 gr de manteiga
1 ovo médio
1 gema
1 casca de laranja ralada
1 pitada de sal

Para o recheio:
280 gr de trigo cozido
450 gr de ricota
200 ml de leite
30 gr de manteiga
200 gr de açúcar
4 ovos médios
1 frasco de aroma de flor de laranja
1 frasco de aroma de baunilha
100 gr de fruta cristalizada em pedaços pequenos

Prepare a massa:
em uma tigela coloque a farinha, o açúcar, a manteiga macia em pequenos pedaços e os ovos. Adicione o sal e casca de laranja ralada e misture com as mãos até obter uma mistura homogênea.Forme um pão, cubra com filme plástico e coloque na geladeira durante a noite

Prepare o recheio:
Coloque o trigo cozido em uma panela junto com o leite ea manteiga, cozinhe em fogo baixo por cerca de 15 minutos até a mistura ficar cremosa. Desligue e deixe esfriar completamente.A receita original afirma que o grão inteiro é usado, mas faça como eu faço e melhor,coloque três quartos no liquidificador e misture (isso tornará o creme mais compacto e delicioso,como geralmente é feito nos restaurantes).
Para obter um creme macio é consistente colocar os igredientes no liquidificador e bater por 5 minutos.Desta forma,você obtém um creme que combina perfeitamente com os outros ingredientes.

Coloque a ricota em uma tigela e adicione os ovos, ricota, açúcar, aroma de baunilha, aroma de flor de laranjeira e pedaços de frutas cristalizadas.Mexa e misture bem, depois deixe descansar na geladeira.
Retomar a massa quebrada espalhar três quartos com um rolo (o restante será usado para as tiras de cobertura) e cobrir uma assadeira enfarinhada com um diâmetro de cerca de 22/24 cm. Cortar o excesso das bordas com uma roda dentada. Despeje o creme de ricota e nivelar com uma espátula.
Estenda o último pedaço de massa com um rolo e, usando uma cortador de massa,faça tiras de cerca de 3 cm de largura e com estas cubra a superfície da pastiera cruzando os losangos entre elas,como para as tortas.

Aqueça o forno a 180°C e cozinhe a pastiera napoletana por cerca de 50 minutos. Retire a pastiera napoletana e deixe esfriar completamente.Polvilhe com açúcar de confeiteiro, se preferir.
A pastiera napolitana é ainda melhor se for deixado descansar pelo menos 2-3 dias antes de comê-la.
Um doce de Páscoa da tradição napoletana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: