Coronavirus,  Minha Itália,  Minha vida em Roma,  Última Hora

Novo “D.P.C.M” Covid-19 na Itália

Enfim no dia 26/04 entramos na segunda fase do lockdown e no dia 1ª de junho nossas vidas pareciam voltar ao normal,se não fosse pelo uso das mascáras em locais fechados.

Chegou o periodo do verão e o medo passou rapidamente e com ele a sensação de liberdade e começaram as aglomerações e com isso o periodo triste tornou-se um segundo plano e as pessoas esqueceram os três meses de lockdowns e de hospitais com médicos e enfermeiros exausto,esquecendo dos UTIs lotadas.

Verão periodo de férias no territorio italiano,em cada três italianos um não saiu de férias.Em 2020,o número de italianos que viajaram em férias caiu mais de 30% em relação ao mesmo período do ano passado,mas o perigo coronavirus não foi motivo para a renuncia das viajens de férias.

E dos 24 milhões de pessoas que viajaram de férias,86% permaneceram na Itália viajando e ajudando a economia do pais a crescer e apenas 4,8% viajaram para o exterior.É o que informa a pesquisa sobre o impacto da emergência do coronavírus realizada por Isnart-Unioncamere em uma amostra representativa de italianos entrevistados nas últimas semanas antes das férias de verão.

Entre os que sairam de férias entre julho e setembro,76,5% foram para a praia,isso significa praia lotadas e festas e discotecas lotadas,assim foi o verão italiano.

Até que chegou setembro mês em que parece que o ano começa na Itália,volta as aulas no inicio a incerteza do ministro da educação em voltar as aulas ou não e ai começaram o problema da volta das ferias e da volta as aulas,aumento no teste coronavirus e aumento dos positivos na Itália.

E ontem 13/10 foi Assinado o DPCM(Decreto do Presidente do Conselho de Ministros)pelo primeiro-ministro,Giuseppe Conte e pelo ministro da Saúde,Roberto Speranza,o novo DPCM que contém medidas urgentes para conter a nova infecção por coronavírus em todo o país.

O decreto confirma a obrigatoriedade do uso de máscaras tanto em ambientes internos quanto externos e recomenda seu uso também em casa se na presença de pessoas que não coabitem,salvo os casos em que pelas características dos locais ou pelas circunstâncias de fato,seja garantida a condição de isolamento de pessoas em situação de não convivência de forma contínua,e em qualquer caso sem prejuízo dos protocolos e diretrizes anti-contágio previstos atividades econômicas,produtivas,administrativas e sociais,bem como diretrizes para o consumo de alimentos e bebidas.

Excluem-se as obrigações acima mencionadas:

Quem pratica espote ao ar livre.
Crianças menores de seis anos.
Sujeitos com patologias ou deficiências incompatíveis com o uso da máscara,bem como para aqueles que estão na mesma incompatibilidade interagir com eles.

Distanciando-se entre pessoas
Confirmada a obrigação de distanciar as pessoas em pelo menos um metro.Ficam reservadas as exceções a que se refere a portaria do Chefe do Departamento de Proteção Civil de 3 de fevereiro de 2020, nº 630 validada pela Comissão Técnica Científica (CTS).

Restaurantes,pubs e outros serviços de catering
As atividades dos serviços de restauração (incluindo bares,pubs,restaurantes,gelatarias,) são permitidas até às 24h00 com serviço de mesa e até às 21h00 na ausência de serviço de mesa.Continua a ser permitido o serviço de entrega a domicílio respeitando os regulamentos de higiene e saúde previstos tanto na fase de embalagem como no transporte,bem como o drive take-away,com proibição de consumo no local ou nas proximidades a partir das 21 horas e sem respeitar a distância de segurança de pelo menos um metro entre as pessoas.

Festas em casas
O decreto recomenda fortemente evitar festas e permitidos somente festas entre 6 pessoas que não coabitam,além dos membros da familia.

Festas de casamentos civis ou religiosas e acesso a locais de culto.
As festas resultantes de cerimônias civis ou religiosas podem ser realizadas com a participação máxima de 30 pessoas de acordo com os protocolos e diretrizes em vigor.
O acesso a locais de culto é permitido com medidas organizacionais de forma a evitar aglomeração de pessoas,tendo em conta a dimensão e as características dos locais,e de forma a garantir a possibilidade dos visitantes manterem uma distância entre eles de pelo menos um metro.

Esportes ou atividades motoras ao ar livre
É permitida a realização de atividades desportivas ou físicas ao ar livre mesmo em áreas equipadas e parques públicos,sempre que acessíveis,desde que em qualquer caso respeitando a distância de segurança interpessoal de pelo menos dois metros para a prática desportiva e de pelo menos um metro para qualquer outra atividade a menos que a presença de um acompanhante seja necessária para menores ou pessoas que não sejam totalmente autossuficientes.

Atividade desportiva básica em academias,piscinas,clubes desportivos,etc.
Atividade desportiva básica e atividade física em geral realizada em academias,piscinas, centros desportivos e clubes públicos e privados,ou outras estruturas onde são realizadas atividades que visam o bem-estar do indivíduo através da prática de exercício físico de acordo com as regras do distanciamento social e sem aglomeração.

Esportes de contato corridas e competições amadoras
O Dpcm proíbe todas as competições, competições e todas as atividades relacionadas com esportes de contato de natureza amadora.

Salões de baile e discotecas
No entanto,as atividades que acontecem em salas de dança e discotecas e locais semelhantes,ao ar livre ou no interior,permanecem suspensas.As festas são proibidas em todos os locais internos e externos.

Escolas
Sem prejuízo da retomada dos serviços educativos e das atividades didáticas nas escolas de todas as modalidades e níveis de acordo com os respetivos calendários,as instituições de ensino continuam a preparar todas as medidas úteis para o início e o desenvolvimento regular do ano letivo 2020-2021 também com base nas indicações operacionais para a gestão de casos e surtos Sars-Cov-2 preparadas pelo Instituto Superior de Saúde.Estão suspensas as viagens educativas,iniciativas de intercâmbio,visitas guiadas e passeios educativos.

Hoje 14/10 os dados do coronavirus na Italia são de 5901 contagiados,41 mortos,1428 curados,4429 atualmente, positivos,62 nas Utis,255 internados com sintomas e 4112 isolamento em casa.

Todo cuidado é pouco principalmente no periodo frio que dura por 7 meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: