Emergência Coronavirus,  Minha Itália,  Minha vida em Roma

Edição Extraordinária do Tg5 “É Guerra Total,Mas Quando Termina?”

Ontem 24/03 as 21:30 o nosso jornal da Companhia televisiva Mediaset,fez em um dos seus canais uma edição extraordinária do Tg5 com o tema:“É Guerra Total,Mas Quando Termina?” porque infelizmente estamos passando por uma guerra contra o “Coronavirus” que infelizmente não sabemos quando terminará.
Ontem o parlamento italiano assinou o decreto de multa para aqueles que desobedecem a lei do toque de recolher,ontem na edição extraordinária nosso Primeiro Ministro o Sr.Giuseppe Conte deixou bem claro que a multa vai da 400 a 3000€,que pode ser aumentada de 1/3 se tiver uso de meio de locomoção,isso quer dizer que se o cidadão for pego em situação que não respeite o decreto,usando somente em situação de necessidade e com o auto certificado esse será multado.
A jornalista do Tg Cesara Buonamici começou o especial perguntou ao Sr. ministro que ultimamente a tem pessoas que acusam o governo por ter avisado a população com atrasado e tomado as medidas com lentidão.
O Sr. ministro respondeu que deixaria a OMS (Organização Mundial da Saúde) responder essa pergunta,porque todos fomos pegos de surpresa.
Foi falado sobre a economia do pais e as medidas que deveriam ser tomadas,os sindicados estão em pé de guerra com o governo e ameaçaram entrar em greve.
Hoje a categoria dos postos de gasolinas entraram em greve e o ministro pediu cautela e responsabilidade porque o pais precisa em vários setores do combustível para o pais ir pra frente.
Uma das perguntas que foi feita foi: “se a burocracia foi de obstáculo para algumas situações que poderiam serem resolvidas em tempo muito breve” o ministro respondeu que não principalmente na produção de matérias e situações necessárias principalmente no setor da saúde,que entre 96 horas um consorcio de produtores italiano estarão produzindo com Confindustria e os artesãs produzirão 2 milhões de mascaras para o setor hospitalar ao dia.
Outra pergunta foi: “Sobre como passaremos a Páscoa?” e mais uma vez o ministro deixou bem claro que neste momento não se pode fazer previsões.
Foi pedido a população em continuar fazendo e respeitando o toque de recolher,que é muito importante para abaixar o gráfico do contagio.
Pela terceira vez consecutiva os números de contagiados teve uma queda mas os números de hoje são:
Atualmente Positivos: 54.030
Mortos:6820
Curados:8.326
No total de:69.176
Ressaltando um impressionante caso numero de mortos.

Foi perguntado ao consultor do OMS Walter Richard se podemos ser otimistas com a queda do gráfico,o foi respondido que é uma coisa muito positiva mas que náo podemos abaixar a guarda e que a maior preocupação nesse momento que além do norte começa a ser no sul da Itália principalmente a migração as ilha de Sicilia e a Sardinia.
A região mais afetada foi a região da Lombardia a cidade de Bergamos é a cidade acometida pelo coronavirus,além da emergência hospitalar agora assumiu a emergência cemitérios.
A trincheira dos hospitais de Bergamo se luta uma batalha sem fim onde se luta pela vida e pela morte,chegam aos dia de 60 a 70 pneumonia aguda ao dia 80% precisam de oxigênio e precisam serem internados nas Utis e 1/3 precisam de ventiladores pulmonar e está é a categoria de maior risco morte. Um pneumologista ressaltou “Não é uma simples gripe é uma pneumonia grave aguda que pode levar a obito porque cada organismo age em modo diferente.
Cada família foi tocada por um obito relatou uma médica e a informação a ser dada e que está não é uma pneumonia simples e sim a forma aguda realmente uma situação delicada porque além de curar precisamos consolar os pacientes que em seus olhos vimos o medo o pavor e consolar porque cada um perdeu um ente querido.
Uma das questões importante que foi ressaltada e que antes a idade dos pacientes eram idades elevadas mas infelizmente a idade esta abaixando e que estão chegando pacientes com 30 anos que precisam urgentemente de ventiladores e que estão lutando entre a vida e a morte.
O médico relatou que o aspecto pior dessa pandemia é que eles se sentem impotentes e que ver pessoas morrerem sozinhas sem a companhia de um parente é muito triste,ele relatou a situação de uma senhora que precisou ser intubada e que começou a chorar porque fazia quase um mês que ela estava internada e que agora sabendo que precisava ser intubada tinha medo de morrer sem ver alguém da família sem poder dar um ultimo abraço em um familiar.
O médico ainda relatou que não teve como conter as lágrimas e que toda a equipe médica se emocionou.
O apelo que foi dado è de respeitar a quarentena porque infelizmente não se pode dar um prognóstico de quando o contágio concluíra.
E hoje foi esclarecido que o virus que temos hoje na Itália chegou no dia 26 de janeiro e veio de Monaco de Baviera,não é o momento de colocar a culpa em um único individuo porque infelizmente o virus é um virus que o contágio é muito rápido.
O que foi pedido para resumir porque peguei as partes que achei mais importante foi que hoje não existe mais grupo de risco, que todos são grupos de risco e que a situação está muito complicada e que a prevenção com o toque de recolher e higiene pessoal é a melhor medida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: