Coronavirus,  Minha Itália,  Minha vida em Roma,  Sheila Domingues

Coronavirus na Itália “Fase 2”

Hoje dia 26/04 o presidente Conte fez um pronunciamento que deixou 90% dos italianos desapontados.
O que os italianos,alias todos nos esperávamos era que a fase dois fosse bem mais flexível,mas infelizmente o que mudou foram dois pontos que faziam parte da fase 1(funerais com 15 pessoas,deslocamente entre municipios da mesma região, para outra região somente por motivo de extrema necessidade(doença grave e motivo de familia grave e trabalho)o que já acontecia na fase um assim mostrando que a única diferença é o funeral e o deslocamento de uma cidade a outa fora da região.
Na segunda-feira 27/04 alguns setores com menor risco de infecção de acordo com as tabelas do INAIL,poderião obter uma recuperação antecipada mas apenas para empresas que já possuem os protocolos de segurança,fabricas automotivas,moda e componentes.
As isenções serão decididas pelos ministérios da Economia e Desenvolvimento Econômico,mesmo que a orientação do governo seja a de não permitir exceções.

Dia 4 de maio começa a fase 2,inicia a reabertura de fábricas,canteiros de obras e serviços
A partir desta data,as atividades com um índice de risco mais baixo terão o aval para recuperação os setor manufatureiro e têxtil,construção e comércio atacadista.
O cumprimento de novas medidas de segurança é obrigatório(turnos alternados para entrada e saída,estações de trabalho espaçadas,medição da temperatura na entrada).
A autocertificação não será mais necessario dentro do municipio.Em ônibus,metrô,trens e aviões, haverá um número limitado de passageiros com o uso alternado de assentos.As novas regras poderiam prever a medição de temperatura nas estações e para evitar horários de pico,tarifas diferenciadas nas diferentes faixas.
No transporte público e no local de trabalho como em todos os locais fechados a máscara devera ser usada.
A partir de 4 de maio,laboratórios e outras atividades de pesquisa também retomarão suas atividades.

Dia 11 de maio reabertura lojas de varejo.
Possível reabertura para o comércio varejista com garantias de proteção individual e obrigação de distanciar clientes.
Para algumas lojas como roupas e calçados,haverá a obrigação de higienizar os produtos.

Dia 18 de maio bares e restaurantes.
Bares e restaurantes começará a reabertura a partir do serviço de retirada para retornar às atividades normais posteriormente e só poderá receber os clientes em conformidade com a distância mínima (para mesas de pelo menos dois metros).A capacidade das instalações terá que ser drasticamente revisada.

Depois de 1ª de Junho
Cabeleireiros e centros de beleza devem ter o aval para retomar os negócios o relacionamento pessoal(um operador e um cliente)deve ser respeitado e todas as ferramentas devem ser esterilizadas e todas as garantias de proteções.

Datas a serem definidas
Cinema,teatro,discotecas,shows são “atividades de agregação”,onde o risco de transmissão do vírus é maior.
Por esse motivo,atualmente não é possível indicar uma data de filmagem.A única exceção são os cinemas ao ar livre que,no entanto,garantem lugares espaçados.
A fase três e a reabertura total dos negócios e o retorno ao normal deve chegar até o final do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: