Escola Italiana,  Férias Italiana

Finalmente Férias ,Venham Conhecer a Escola Italiana

Finalmete o tão esperado momento para os alunos das escolas tanto particulares quando a pública a bendita férias,nem todos os pais estão contentes e a maioria terá que optar por colônias de férias porque infelizmente não tem nenhum tipo de ajuda com os pequenos.
Mas para entender como funciona as férias irei explicar como funciona as escolas na Itália.
O orgão responsável pela instrução na Itália é o Ministero da Instrução da Universidade e dos Estudos,a prevalença da escola na Itália é a escola pública,mas existe modalidades diferentes como as escolas paritárias e as escolas particulares,a taxa de alfabetização entre os italianos está a 99% e é obrigado frequentar a escola dos 6 aos 16 anos.
Todo o cidadã italiano e estrangeiro tem direito a educação.
O texto é lungo mais vale a pena conhecer a instituição de ensino italiano.
O “Asilo Nido ou Nido D’infanzia”(Creche)onde os bebés dão seus primeiros passos em socializar com outros bebés e pessoas fora do núcleo familiar e um serviço social para as famílias é o primeiro ciclo de estudo na Itália e vai dos 08 meses aos dois anos.

“Scuola Materna”
A nossa “Pré-Escola” é um passo fundamental para as crianças em sua abordagem ao outro por si mesmas e em seu caminho de autonomia de seus pais.Nos três anos de materna,as crianças se tornam conscientes de si mesmas e desenvolvem sua criatividade de maneira especial,por isso é bom que os professores os estimulem com diferentes atividades:do desenho à música.
De acordo com a lei italiana as crianças com 3 anos de idade até 30 de abril do ano letivo atual podem se matricular no jardim de infância em algumas escolas as chamadas ‘seções de primavera’ são ativas nas quais crianças de dois anos e meio são bem-vindas.

Escola Primária
“Scuola Elementare” o nosso “Ensino Fundamental”, também chamada de Escola Primária,coloca as crianças de frente com o seu primeiro compromisso real “estudar“.
Não é mais apenas o tempo para jogos o dia também feito de lição de casa que torna-se necessariamente mais organizado, mais rico em compromissos e responsabilidades.Afinal entre 6 e 8 anos a curiosidade das crianças aumenta é a hora do ‘porquê’ ficar satisfeito tanto na escola como na família, é uma etapa muito importante.
Na Itália,a escola primária dura 5 anos,um ano básico e dois biênios e é obrigatória a frequência e os textos são gratuitos, é possível fazer a matricula assim que crianças completar 6 anos até 30 de abril do ano letivo atual. O horário escolar varia de 27/30 horas por semana da escola para módulos a 40 horas de escolas em tempo integral. Em uma turma, não pode haver mais do que 25 alunos e não menos que 10,mas o número cai para 20 se você estiver alunos desabilitado. As crianças são confrontadas com uma língua estrangeira e abordam o uso de computadores.

“Scuola Secondaria di Primo Grado”
Mais conhecida como “Scuola Media” o nosso quinto ano do fundamental,representa o momento de transição da infância para a adolescência.Dos 11 aos 14 anos,os adolescentes enfrentam grandes mudanças físicas e psicológicas,e a escola junto com a família deve apoiar essa transição.A escola média dura 3 anos,dividida em um período básico de dois anos e 1 ano de orientação preparatória para a escolha de estudos superiores,prevê 30 horas por semana de frequência que a escola baseada nas regras de autonomia escolar pode escolher administrar da maneira que julgar adequada. .Os alunos devem estudar 2 idiomas estrangeiros e aprender mais sobre tecnologia de computadores.Exame final do estado é obrigatório.
Esses primeiros anos sãos de ensino obrigatório.

“Scuola Secondaria de Secondo Grado”
Mais conhecido como “Liceo” o nosso “Ensino Medio” marca a entrada no mundo adulto e é fundamental na escolha da construção do futuro.O papel do professor,sua capacidade ou não de ser um modelo positivo a ser imitado,é um ponto crucial.
Na Itália,os alunos têm uma ampla oferta formativa,pois podem escolher entre o ensino médio (clássico, científico, linguístico, artístico,ciências humanas,econômico, musical e tecnológico) e a educação profissional (de competência regional).No caso do ensino médio há dois preparatórios básicos de dois anos e um de final de ano para a escolha do corpo docente da universidade,em vez disso,no ensino e formação profissional,já após os primeiros 3 anos,pode ser obtida uma qualificação que pode ser despendida no mundo do trabalho e reconhecida tanto a nível nacional como europeu e internacional se o pais tem o tratado de Aja.
Nada impede que você continue por mais 2 anos, a fim de obter uma qualificação adicional útil no mundo do trabalho ou para a realização do diploma final que permite o acesso à Universidade.
Poucos sabem que a partir do décimo quinto ano de idade,é possível empreender o caminho da alternância entre trabalho escolar ou aprendizado (terceiro canal) com o qual é possível obter diplomas ou qualificações. E essa possibilidade também se aplica àqueles matriculados em escolas secundárias é seguido por um tutor na escola e um tutor na empresa.
Então, através do sistema de crédito é possível mudar de endereço dentro do sistema de ensino médio ou passar do sistema de ensino médio para o sistema de educação e treinamento vocacional e vice-versa.
O ano letivo inicia em Setembro e termina em Junho,para os que foram aprovados a Setembro inicia um novo ano letivo,para os rimandati(um tipo de recuperação) a Setembro se faz uma prova para conseguir o ponto que falta para ser aprovado e os Bociati(reprovados) que deverão repetir o ano escolástico anterior.
Hoje para os que terminaram o “Liceo” começa o “Esame di Maturità”( Provas da Maturidade)uma semana de provas que ao final se faz a conta das notas que podem chegar ao ponto máximo que é 100 e o minimo 60 a suficiência,
E a próxima semana finalmente para esses estudantes também as tão esperadas férias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *